2

Tão velho e tão novo eu

Posted by Ponto de Vista on 23:07
De braços abertos me preparo para um salto.

Sempre nos consumimos para enterrar um passado, e proporcionalmente quanto maior ele foi  maior é o trago que damos em nossa vida. Felizmente um dia conseguimos tampar o buraco, ou por analogia, queimar a ultima ponta. E isso faz com que possamos seguir em frente, abraçar novos ideais, pular de cabeça em um abismo de novos sentimentos e prazeres.

O que ficou, já que sempre fica algo, hoje são meras lembranças em tons de cinza. O que vai ser daqui pra frente? Sei lá.. Quero viver para descobrir, quero te conhecer para sentir, quero te encontrar para sorrir. Não devemos deixar de ser quem somos por causa dos outros ou maquiar nossa cara todo dia para esconder nosso triste semblante.

Temos que nos dar oportunidades diárias para nos amarmos mais, assim do jeitinho que somos. Assim nossos jardins interiores ficarão prontos para novas borboletas. Nossa flores devem ser resistentes, pois ao chegar uma borboleta em seguida sempre virá uma lagarta... Mas a vida é assim mesmo se não suportássemos as lagartas não conheceríamos as borboletas, já dizia um jovem príncipe que tanto admiro.

Esse mundo tá cheio de beleza e prazer. Trouxa seria eu de não me dá oportunidade, pois a vida já seguiu para outro, porque não seguir pra mim também?

Tudo que dissemos ao passado marca o futuro, mas necessariamente, não garantirá presença no futuro. Promessas de amor eterno ou de nunca mais vou fazer isso é uma furada. Viver o presente e fazer dele sua promessa é o melhor caminho para a felicidade.

Hoje me encontro onde comecei a procura de um sorriso sincero fora o meu. Talvez o seu sirva, talvez nem tanto. Sei que aqueles já se foram não servem mais e os que estão por vir possa ser os melhores que virão. Mas só saberei disso se você que sorri pra mim não tiver medo que eu lhe sorria de volta.

Todos temos dores e desejos, mas permitir uma nova experiencia é tentar a permissão para uma nova felicidade. O velho pode até ser o novo desde que ele queira deixar de ser o velho. Vendo isso,
hoje eu estou aqui de braços abertos para o novo.

Copyright © 2009 Ponto de Vista All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates