0

Infância na minha infância, não é igual a sua.

Posted by Ponto de Vista on 17:55 in
       Muitas vezes sou acometido de uma vontade louca de estabelecer uma relação da minha vida no presente e a de uns anos passados. Porem isso está consumado que jamais irei conseguir um resultado satisfatório para o presente, já que o passado sempre é melhor que o futuro, pois nós seres humanos, dotados de polegar opositor, nunca estamos satisfeitos com nosso presente.


      Lembro-me das inúmeras vezes que reclamava do presente ainda quando era menino. Poxa, e eu hoje reclamo do meu presente quando já sou um jovem-adulto. Contudo hoje tenho saudades daqueles meus anos passados de quando era só um menino sem obrigações especiais com a vida, sem cobranças, sem ter que ser falso, sem ter que engolir algo imposto por pessoas que não tem relação nenhuma com sua vida, sem ter que preocupar com qual palhaço irá governar país, etc. Quando se é menino, é quando se vive a parte mais sábia da vida. Onde rimos de tudo, por ser engraçado, ridículo, feio e até quando não se é nada. O que vale mesmo é sorrir. Quando se é pequeno de idade, alguns adultos são grandes de idade e pequenininhos de altura, não se mede as palavras, as críticas, a sinceridade, a vontade, o sentimento. Todos os pequeninos só têm um sentimento: o amor, outros sentimentos ruins que elas demonstram é somente uma tentativa de imitação dos mais velhos. Pois na meninice o desejo maior é que tudo permaneça como está e o maior sonho, pelo menos o meu era que meus pais não me abandonassem jamais.

     O chato de viver é que esse mundo nos apodrece, e as fantasias mudam, já que na minha época sonhávamos em ser super-heróis, como o Homem-Aranha, Super Homem, Batman e outros. Hoje as crianças sonham em ser os super vilões como Venon, Lex Lutor, Coringa e os chefes do tráfico. Isso faz com que diminui esse amor de que somos feitos quando crianças, para dar lugar a alguns sentimentos pouco estranhos e confusos como a tal da inveja, e outros que não sei descrever. Só sei o nome: Ódio, Tristeza, Preconceito, Vingança, Desconfiança, Egocentrismo e outros que vêm seguindo estes. Nossa como é ruim e doloroso perder esse amor para dar espaço essas coisas ruins, mas só assim para podermos viver nesse mundo, onde o amor já foi consumido e as esperanças, que são as crianças, perdem-se entre o ódio e o desespero. Desse modo, não nos resta nem amor, nem esperança e de brinde a paz. Tudo isso por perdemos as crianças, já que elas são as dissipadoras do amor, e nós somos culpados por elas se perderem, pois nós que descontamos tudo nelas sem ligar se elas estão preparadas ou não para nos entender.

      Agradeço por ter sido criança em uma época boa porque não fui tão precoce quanto todas as crianças que sucederam. Aprendi esses outros sentimentos depois que o amor já estava impregnado em mim. E isso faz com que eu possa rezar por aqueles que não tiveram a mesma sorte e hoje com poucos anos estão aí fantasiando-se de Deus.

0

PROUNI, meio cabeça dura.

Posted by Ponto de Vista on 11:12 in
              PROUNI para quem não sabe é um programa do governo muito interessante que garante aos estudantes que obtiveram uma boa nota no ENEM (EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO) o ingresso nas faculdades particulares. A entrada na rede de ensino se dá por bolsas de estudo, bolsas de 50 e 100%. Porém para que possa se inscrever nesse programa é necessário responder um questionário, cujas respostas definirão sua admissão.

            O problema é que tem perguntas de uma fase da sua vida que possivelmente sua realidade era outra. Como exemplo “você concluiu integralmente o ensino médio em escola publica? Você concluiu integralmente o ensino médio em escola particular? você concluiu parcialmente o ensino médio em escola publica?” Essas aí são as básicas, porem dependendo da resposta você é automaticamente eliminado do sistema do PROUNI. Sim, seu sonho de ingressar no ensino superior em uma faculdade particular será eliminado. Lembrando que infelizmente somente alguns cursos se encontram na rede particular de ensino. Mas que quero deixar claro é que essas perguntas muitas vezes são erradas, pois no país em que vivemos tem uma desigualdade social imensa, onde todos os dias os ricos podem acordar pobres e terem q retirar seus pequenos filhos, que não tem culpa de nada, do colégio particular (onde o ensino nem se compara com o da escola publica) e os transferem para o terror da escola publica. A família agora falida com os filhos na rede publica de ensino médio. ACREDITEM, pois esses inocentes filhos não terão direito ao PROUNI por que passaram pelo terror do colégio particular sem serem bolsistas. TERROR mesmo, pois na rede particular não tem greve, os professorem recebem bem e tem salas de aula com boa estrutura.

             Vejam como o fato de terem estudado um aninho nesse TERROR sem bolsa os tira um programa do governo. E o governo pouco importa como anda situação atual da família. Opa! Enganei-me, eles preocupam sim, pois há no questionário uma pergunta tipo: qual a renda mensal bruta da família? ÓTIMO! Mais uma utopia. Vamos continuar no caso da família que tinha tudo e hoje é falida (VAMOS MUDAR O QUE EU DISSE QUE OS FILHOS NÃO ERAM BOLSISTAS. – DEUS EXISTE JÁ QUE MESMO NA ÉPOCA QUE SUA FAMÍLIA TINHA UMA ÓTIMA ESTRUTURA FINANCEIRA SEUS FILHOS ERAM BOLSISTAS INTEGRAIS). Já na atual realidade quebrada pensem que a mãe dessa família é professora de escola publica que tem uma miséria de salário e o pai que já foi um grande empresário hoje é servidor publico municipal na área de serviços de limpeza urbana. Ao declarar a renda bruta mensal da sua família serão sem dúvida classificados a receber no Máximo 50% de bolsa. Infelizmente mesmo que seja meia bolsa a família não pode pagar já que tem vários empréstimos em bancos e várias contas atrasadas (professores e servidores públicos municipais que mantém uma família me compreendem). Mas para o PROUNI a vida dessa família é perfeita mesmo tendo um salário de merda.

             Ficou meio confuso, mas deu pra compreender que as perguntas referentes ao passado deveriam ser repensadas tendo em vista que as vidas das famílias podem mudar ao passar dos anos. Ainda mais em um país com um alto desnível social onde estamos sujeitos a tudo. Empresas falirem ou se tornarem um grande potência, uma pessoa se tornar mendigo ou dono de uma mega empresa. O PROUNI acaba por excluir milhares de pessoas que realmente necessitam dessa oportunidade por achar que a vida dessas pessoas é estável.

            Não quero ser hipócrita então vou parabenizar o outro programa quem anda junto ao PROUNI o SiSU, que sem duvida foi um dos melhores projetos que fizeram por nossa educação.

1

Biblioteca Pública - "Um bom lugar para aprender?!"

Posted by Ponto de Vista on 08:54 in

Deixo já bem dito que DEJESO que tal fato não ocorra em todo Brasil.

Pelo entendimento descrevemos sempre uma biblioteca como uma fonte de água, porém lá não se mata a cede de água e sim a cede de aprendizado. ASSIM DEVERIA SER!
O que não compreendo é como uma biblioteca consegue conservar tanta tralha antiga, não  tenha valor, mas é que as novas tem ter seu lugar deixando para as mais antigas um lugar mais requintado na história. Livros novos têm explicações atuais e conceitos novos, os didáticos têm exercícios que realmente tem a ver com a realidade, fora o vocabulário. Sobre o vocabulário vou me conter em falar que se pegar um livro de Química e ver escrito “Vosmemcê” e outros pronomes da época dos alquimistas e escravos. Juro que eu ainda achava que o átomo era uma molécula indivisível. Diga-se de passagem que não só eu penso assim mas como vários livros de uma biblioteca pública.
Como sei disso? Fui estudar lá esses dias e quase morro de "traça" sem falar que me senti um recém nascido, pois todos a minha volta já tinha cabelos brancos ( livros com seus 80 anos). Querendo um livro mais atual procurei a funcionária da biblioteca - não julgo chamá-la de bibliotecária porque já sabem né? - Funcionários de prefeitura vivem sendo remanejados. Então ela com m belo sorriso me disse que não tinha os livros.
Cá eu pensei - nossa como se estuda então? Então perguntei como esse asilo de livros recebia novos livros. Ela olhou-me nos olhos e disse: Doações! Nossa o povo da minha cidade tanto a prefeitura quanto as empresas privadas deveria olhar pelo conhecimento e ajudar a biblioteca. Promovendo algum tipo de evento tanto para doação de livros quanto para compra dos mesmos.
Se eu fosse candidato eu faria isso. Mas esses nossos candidatos pensam mais no -EU- que no nosso conhecimento.

AJUDEM A NOSSA BIBLIOTECA, alias a TODAS BIBLIOTECAS!!

1

"Política" - Em cidade pequena.

Posted by Ponto de Vista on 21:57 in
Tratarei desse tópico analisando a minha cidade, turística e com um belo rio, mas há tempos atrás teve uma péssima administração pública, coisa de uns oito a doze anos, porém encontramos gente que isso que acabo de dizer se iguala a uma heresia. Loucos são eles. Pois vi o belíssimo carnaval se acabar em ruínas, festas populares não serem tão populares assim. Penso eu que somente as Igrejas andam cheias, pois a fé do sertanejo é algo fantástico, e de tanta oração feita nos ouvidos de meu Deus que por fim a era do ébano foi-se. E a luz apareceu lá de longe trazendo sorrisos a vários e tristeza àqueles fotofóbicos.
Interessante não esse fato de uma mudança milagrosa, mas sim a elaboração de coisas vista só em filmes de ficção cientifica como: PAVIMENTAÇÃO E SANEAMENTO BÁSICO e de quebra uma nova roupagem a cara da cidade. Algo incrível viva Deus! Ele olhou por nós já diziam os mais crentes. Já os mais céticos exclamavam disfarçadamente com o pé atrás e os da oposição praguejavam falando que isso era fruto de desvio de verba. NÃO ERA NADA MAIS QUE O MINIMO! Esse era o lema dos poucos que sabiam do potencial da cidade.
Se Deus criou tudo deixou para o Diabo criar a reeleição. Poxa algo de ruim tinha q existir e seu nome é político que tem a estrada real a seu dispor, mas vive procurando os famosos atalhos, e o mais famoso adivinhem?! A reeleição. Nossa essa é a tal armadilha do capeta por que deixa esses políticos que tanto fizeram se acomodarem e a mirabolarem projetos com o prazo pra 5 ou 6 anos. Com o famoso pensamento já que não posso me reeleger novamente então quem tomar posse se vira. Cá eu vou-me lançar no senado ( SENADO lugar onde os caras que mais nos ferram se reúnem). Sabem que tem o voto de um cidade inteira pelos grandes feitos ( pavimentação, saneamento básico, alguns shows, algumas festas pouco populares, uma grande construção de parede de vidro e um projeto pelas metades). Não vou falar negar que realmente a cidade precisava de tudo isso e agradeço à administração por ter feito. Mas era coisa q qualquer um deveria fazer. A final, alguns políticos, a maioria, nos usam como degraus para a própria satisfação. Nós somos nada mais que o adubo que ajuda e faz crescer não somente o EU como a conta bancária desses políticos.
Você que é político comece em cidade pequena porque realizar o básico é como milagre de Deus. Porem não fique somente no básico faça o melhor que pode. Porque é disso que o Brasil precisa Alguém que faça o melhor por ele e pelas cidades sejam elas grandes ou pequenas. O Brasil assim como as cidades pequenas precisam é de alguém que NÃO pensem no EU mas sim no NÓS ou no ELES.

3

O ANO NOVO - Jamais reclame do seu, desvende-o!

Posted by Ponto de Vista on 16:21 in
           
2010, assim já diziam as famosas profecias, aquela que todos reverenciam todo início de ano, que esse ano seria cheio de graças com muita felicidade e prosperidade. Não se esquecendo do amor, amor pra dá e vender!
Como uma boa pessoa que sou desejei isso a todos com quem estive admirando o céu cheio de luzes coloridas. Celebramos um ano novo. VIVA!!
Como é de costume temos as idéia de que as cores das roupas influenciam o seu ano, pois bem escolhi as tonalidades de um ano de superação. Fala-se ainda que passar a virada do ano beijando ou fazendo um joguinho a dois na maior intimidade atrai muito amor e coisas boas. Poxa mas ninguém fala o segredo, seja nas cores ou nos rituais de como resolver todos os problemas e ter um ano completo. Não falam em passar com a blusa de uma cor a calça de outra a cueca de outra diferente das demais (calcinha para as damas) não se fala também se as meias devem ser da mesma cor. Enfim tudo muito relativo. No próximo ano novo já decidi vou passar pelado! aí não sofro as influências das cores...
Na questão do amor é complicado porque se eu passar pelado não conseguirei ninguém na rua, já que nem poderei ir na rua. Então já vou levar algo bom do ano velho pro ano novo, O AMOR.
Os amigos, estes que deveriam ser pra toda vida, foram só bons de farra. Mas não os culpo já que às vezes o ano pra eles devem estar sendo assim como o meu já que passamos juntos.
Na absoluta verdade eu tenho mais que agradecer o modo que passei a virada do ano, pois só tenho aprendido com ele, aprendido até então da melhor forma, que eu poderia ter sido atropelado, sofrer de uma doença seria, ter uma irmã que se envolveu com um goleiro de time grande aí, ou ter uns pais que adoram jogar os filhos pela janela a fim de brincar de BANG JUMP. Então todas as noites eu agradeço muito por esse ano, já que ele me oferece a cada dia uma oportunidade por mais estranha que seja tornar-me uma pessoa mais capacitada para viver diante de tanta divergência de ideologia.

Copyright © 2009 Ponto de Vista All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates